Prefeito firma doação de terreno para construção do Fórum Trabalhista
21.01.2014 às 14:40h

O prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, recebeu em seu gabinete na tarde de segunda-feira (20) autoridades da Justiça Trabalhista de Santa Catarina para tratar da oficialização da doação de um terreno onde deverá ser construído a nova sede do Fórum do Trabalho do município. Participaram da reunião o presidente do Legislativo de Balneário Camboriú, Nilson Probst, o desembargador e presidente do Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina (TRT-SC), Edson Mendes de Oliveira, o juiz da 2° Vara Trabalhista de Balneário Camboriú, Irno Ilmar Resener, a juíza e diretora do Fórum Trabalhista de Camboriú, Sônia Roberts, o representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Balneário Camboriú, Álvaro Rocha Kenig e uma equipe técnica.

Durante a reunião, o prefeito firmou o compromisso de oficializar a doação do terreno de cerca de mil metros quadrados, que está localizado ao lado da Câmara de Vereadores. Ele solicitou que sejam tomadas todas as medidas legais necessárias para que isso ocorra com a maior agilidade possível. “O municipio compreende sua responsabilidade, por isso, nossa intenção é que Balneário Camboriú cresça e se desenvolva. Sabemos da importância que tem este espaço que será construído o novo Fórum e o que queremos é contribuir para que nossa comunidade tenha qualidade no acolhimento dos serviços prestados”, ressaltou.

O desembargador e presidente do TRT-SC, Edson Mendes de Oliveira, que foi o primeiro juiz responsável pela então Junta do Trabalho de Balneário Camboriú - nos vidos dos anos 90, agradeceu o empenho e preocupação do prefeito e do presidente do Legislativo em proporcionar um espaço adequado para construção dessa obra, frisando que o terreno atenderá as necessidades existentes. “Não há dúvidas de que esta obra proporcionará melhor acolhimento a comunidade, que terá melhor e maior acessibilidade aos nossos serviços, assim como também melhorará as condições do local de trabalho dos nossos colaboradores internos”, acrescentou. Conforme Oliveira, a partir de agora será feito um esboço estrutural para que se inicie as buscas por recursos e a obra possa ser prevista em orçamento.

A juíza e diretora do Fórum Trabalhista de Camboriú, Sônia Roberts, disse estar satisfeita com a oficialização do terreno, lembrando que esta é uma luta que se iniciou em 2007. “É um avanço para a Justiça e Trabalho. A localização é muito boa e vamos poder construir um prédio adequado que atenda a demanda existente”, frisou. Também participaram da reunião o procurador geral do município, Marcelo Freitas, e o secretário de Planejamento, Auri Pavoni.
 
Prefeitura de Balneário Camboriú
Assessoria de Comunicação
www.balneariocamboriu.sc.gov.br

  Baixar arquivo anexo desta matéria


Indique para um amigo Versão para impressão Visite a sala de imprensa



Copyright © Prefeitura de Balneário Camboriú 2014 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento GrupoW